Replanejamento para sair das dívidas

Classifique esse post

Provavelmente, se eu te dizer que sair do vermelho é uma tarefa mais simples do que você imagina, você duvida de mim e até ache isso engraçado. Mas a maioria das pessoas não sabem o poder e a força que tem para virar esse jogo e que precisam apenas de uma atitude, se autodisciplinar.

Você está perdendo noites de sono por estar com a conta no vermelho, procurando um modo de sair das dívidas? Não sobra dinheiro para pagar as contas básicas por causa do cartão de crédito ou do cheque especial?

Se você está nessa situação, vou te dizer duas coisas que você pode estar fazendo errado. Não se ofenda, apenas reflita e se deixe inclinar a uma mudança que pode fazer toda a diferença para você sair dessa situação.

A primeira é a organização, se você paga seu cartão de crédito, antes de qualquer outra conta, você está cometendo um erro gravíssimo na gestão de suas finanças.

A segunda coisa é falta de planejamento ou disciplina para cumprir o que você planeja. Se você está sempre caindo no limite do cheque especial você não está planejando seus gastos de um modo consciente, por isso você está nessa situação.

O ponto chave para conseguir sair do vermelho é ter muita disciplina e planejar de forma assertiva.

“Despesas” x “Receita”

Para descobrir o tamanho do buraco, crie duas listas.

Lista despesas

Liste todos os seus gastos mensais, isso mesmo. Desde os gastos essenciais, até os mais supérfluos. Não esqueça de nada, essa é uma etapa crucial, qualquer erro e você terá que replanejar tudo. Replanejar é preciso, você provavelmente esquecerá de algo, mas não desista. Replaneje o seu orçamento quantas vezes for necessária até alcançar o seu o objetivo, sair do vermelho! Agora, crie uma lista de todas as suas receitas (ganhos).

Lista de ganhos

Crie uma lista de ganhos para consolidar sua receita de um modo mais simples. Sabendo quanto você ganha e quanto você gasta é´só subtrair.

Qual é o tamanho do buraco?

[Total de ganhos] – [Total de despesas] Se o resultado for negativo é hora de planejar ou de replanejar o seu retorno ao azul.

Pague primeiro o essencial

Pague primeiro as contas fixas e essenciais: água, luz, gás, aluguel, supermercado e saúde. Se você tem filhos, inclua nessa lista a mensalidade da escola das crianças, se eles estudam em escola particular.

Conclusão

É mais fácil esquecer de uma dívida, do que um ganho, isso é óbvio. Mas, o que você precisa ter em mente é que quando isso acontecer você terá que replanejar o seu orçamento. Não tenha vergonha, ou raiva, não se sinta frustrado. É claro que ninguém gosta de esquecer algo, principalmente uma dívida, e ter aquela surpresa desagradável no fim do mês que continuará no vermelho.

Mas, seja persistente, planeje e replaneje quantas vezes for necessário. Coloque o seu plano em ação e no final do mês reavalie o seu planejamento e adeque-o para o mês seguinte, se for necessário.

Sobre ser assertivo, não existe fórmula mágica, a única forma de melhorar é praticando. É comum errar no começo, mas nem por isso você deve desistir: “Sucesso parece estar ligado à ação. Pessoas prósperas continuam se mexendo. Eles cometem erros, mas eles não desistem.” (Conrad Hilton)

Colocando essas dicas em prática você vai sair das dívidas rapidamente. De 5 a 15 semanas, chutando alto. Viu só como você tem o poder para fazer a mudança?

Escreva seu Comentário