Planejar a aposentadoria ainda na juventude

Classifique esse post

Planejar a aposentadoria quando ainda está jovem é muito importante, pois a idade chega para todo mundo e para você também irá chegar.

Uma das principais características da juventude é uma casual despreocupação com o futuro. Em certos aspectos da vida, isso é ótimo, em outros… nem tanto. Um exemplo é a aposentadoria; ela parece muito distante, mas quando chega, sentimos a diferença entre ter ou não um bom planejamento na juventude.

Quando a boa idade chega você quer ter dívidas ou sair das dívidas e ter uma vida financeira saudável? Poder curtir, viajar para onde quiser, desfrutar do fim da vida em grande estilo?

Mas como planejar uma aposentadoria? Bem, em primeiro lugar, é preciso ter em mente uma boa ideia do futuro que você deseja para si mesmo. Quando você pretende se aposentar? Qual o estilo de vida que você pretende ter? Algumas pessoas desejam uma aposentadoria tranquila aos 60 anos, enquanto outros esperam poder se aposentar mais cedo e passar anos viajando. Seja qual for o seu sonho, você precisa tê-lo bem definido para poder traçar um plano que te leve até lá.

Sabendo o que você deseja, estime quanto vai precisar para manter esse estilo de vida. Considere os gastos cotidianos e também gastos extras, como as viagens que comentamos. E estime que você terá gastos, pelo menos, até os 90 anos.

Quais rendas você terá na aposentadoria?

Também é importante colocar na ponta do lápis quais rendas você terá ao se aposentar. Apenas a previdência pública, uma previdência privada, ou até mesmo a renda de um segundo emprego que você continuará exercendo depois de aposentado.

Agora você já sabe quanto precisa para se aposentar como deseja, e quanto você realmente terá – baseado nas suas rendas atuais. A diferença é o mínimo que você precisa poupar, de agora até o ano em que vai se aposentar.

Vamos planejar

Suponha que você tem 25 anos, e pretende se aposentar aos 50 anos. Você precisará de R$200 mil para se manter depois de aposentado, mas sua previdência só vai lhe retornar R$100 mil. Isso significa que os outros R$100 mil, você precisará juntar por conta própria nos 25 anos que restam antes de se aposentar.

Entendeu? Agora, basta calcular quanto investimento mensal essa diferença representa. Calcule com base no rendimento de uma poupança simples, que ainda é o investimento mais seguro. Mas lembre-se de não contar com um rendimento anual muito alto – 5% acima da inflação ao ano, no máximo.

Agora, é só começar a poupar. Sempre que tiver um mês melhor, poupe mais do que o determinado no seu plano, para compensar os meses mais apertados. E a cada período – seis meses, ou um ano – reveja seu planejamento para considerar mudanças na sua vida, como aumentos de salário ou novas expectativas para o futuro.

Construa sua aposentadoria

Ainda jovem comece, saindo das dívidas e poupando dinheiro. Um pouquinho a cada mês, faça investimentos, arrisque. Mas lembre-se, faça um pé de meia para a velhice, construa sua aposentadoria, pouco a pouco e você vai poder se aposentar mais cedo do que imaginava.

Assista esse vídeo e planeje melhor sua aposentadoria:

Escreva seu Comentário